Pular para o conteúdo

ELEITO NOVO CONSELHO SUPERIOR DPPE PARA O BIÊNIO 2023/2024

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

A Defensoria Pública de Pernambuco, realizou na segunda-feira (12), a eleição para os novos membros titulares e suplentes do Conselho Superior da Defensoria Pública de Pernambuco. Os defensores públicos eleitos, integrarão o órgão colegiado no biênio 2023/2024, onde exercerão as atividades consultivas, normativas e decisórias da instituição.

Para o  Subdefensor Público-Geral, Clodoaldo Battista, o grande diferencial nessa eleição é que foram eleitos membros titulares e suplentes de diversas regiões do estado, capital, agreste e sertão, além da representatividade feminina em todos os níveis, o que garante a formação de um Colegiado plural e com um olhar para a atuação defensorial em todo o estado de Pernambuco.

De acordo com o presidente da Comissão Eleitoral, o defensor público José Inaldo, a eleição transcorreu de forma tranquila.“A eleição ocorreu por meio do email institucional vinculado ao sistema próprio da Defensoria Pública de Pernambuco. Isso é mais um passo para o fortalecimento da Instituição”, disse o presidente. A votação foi realizada, das 08h às 17h, pela Internet, possibilitando que todos os eleitores pudessem exercer o sufrágio através do email institucional.

Foram eleitos como membros titulares os (as) defensores (as) públicos (as) Dandy de Carvalho Soares Pessoa, Eduardo José Tassara Tavares, Maria Salete Gomes do Nascimento Menezes e Wilton José de Carvalho. Além disso, também foi escolhido como suplente o defensor Francisco Jairo de Siqueira Coelho.

Notícias Recentes

Siga-nos

Notícias Mais Lidas

AÇÃO DA DPPE EM PORTELINHA

A Defensoria Pública de Pernambuco realizará, na quarta-feira (27), mais uma importante ação de cidadania. ✔️PORTELINHA* Endereço da ação: Associação Renascer da Portelinha – Rua

Leia Mais »

Quem Somos

A Defensoria Pública do Estado de Pernambuco é o órgão que cumpre o DEVER CONSTITUCIONAL DO ESTADO de prestar assistência jurídica integral e gratuita à população que não tenha condições financeiras de pagar as despesas de um advogado. Essa gratuidade abrange honorários advocatícios, periciais, e custas judiciais ou extra-judiciais.

Canais de Comunicação

Agendamento da Capital:
Redes Sociais:

© 2022 Todos os direitos reservados

Skip to content