Pular para o conteúdo

DPPE GARANTIU AS PRIMEIRAS RETIFICAÇÕES DE PRENOME E GÊNERO DE UMA SOCIOEDUCANDA EM SUA SEDE NO BAIRRO DA BOA VISTA NO RECIFE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

A Defensoria Pública de Pernambuco garantiu, por meio do Núcleo de Defesa e Promoção dos Direitos Humanos, as primeiras retificações de prenome e gênero, de uma jovem socioeducanda na sede localizada no bairro da Boa Vista, região central do Recife.

De acordo com a Defensora Pública Juliana Paranhos, a mulher trans, foi encaminhada pela assistência social da unidade feminina da Funase (Fundação de Atendimento Socioeducativo), para atendimento na DPPE, onde foram expedidos ofícios, com os pedidos de retificações de nome e gênero para o cartório de origem.

Em Pernambuco, a Defensoria Pública, desenvolveu o projeto “Me Chame Pelo Meu Nome”, que garante a gratuidade do reconhecimento legal, não só do prenome, mas também do gênero de pessoas travestis e transexuais.

Para retificações nos prenomes e gêneros, se faz necessário agendar o atendimento pelo Núcleo de Defesa e Promoção dos Direitos Humanos da DPPE, através do WhatsApp: (81) 98406-0479.

Após o agendamento, o atendimento será realizado no Prédio da Defensoria Pública de Pernambuco na Boa Vista, sempre às terças e quintas-feiras.

Notícias Recentes

Siga-nos

Notícias Mais Lidas

Quem Somos

A Defensoria Pública do Estado de Pernambuco é o órgão que cumpre o DEVER CONSTITUCIONAL DO ESTADO de prestar assistência jurídica integral e gratuita à população que não tenha condições financeiras de pagar as despesas de um advogado. Essa gratuidade abrange honorários advocatícios, periciais, e custas judiciais ou extra-judiciais.

Canais de Comunicação

Agendamento da Capital:
Redes Sociais:

© 2022 Todos os direitos reservados

Precisa de
Atendimento?

Escolha entre as ferramentas disponíveis abaixo para continuar.

Skip to content