Pular para o conteúdo

DEFENSORIA REALIZA AÇÃO DE CIDADANIA EM PARCERIA COM A DPMUL EM SANTO AMARO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

A Defensoria Pública de Pernambuco e o Departamento de Polícia da Mulher (DPMUL) estão realizando, nesta sexta-feira (18), de 8h às 12h, ação de cidadania “Mulher em Foco”, na Praça do Campo Santo, no bairro de Santo Amaro, na Zona Norte do Recife.  

A Ação, realizada por meio do Núcleo da Mulher Vítima de Violência da DPPE, o NUDEM, ofereceu atendimento e orientações jurídicas gratuitas, além de encaminhamento para emissão de documentos e orientações sobre a Lei Maria da Penha. 

“Nessa ação, nós fizemos atendimentos tanto na área de família, quanto na área de registros civil. Também pudemos mostrar para as mulheres que compareceram, a cartilha que foi apresentada pela DPMUL e que trata sobre vários tipos de violência. Desta forma, muitas destas mulheres passam a entender sobre a violência doméstica e familiar. Já que em muitos casos elas sofrem uma violência e não tem ciência de que aquilo que ela vem sofrendo é um crime. Então a cartilha foi apresentada àquelas que procuraram o serviço da DPPE e isso é uma forma de reafirmar os direitos da mulher”, explicou Virginia Moury, Coordenadora do referido núcleo defensorial. 

Para a Defensora Mayara Cordeiro, a ação foi uma oportunidade de valorizar a população que reside em Santo Amaro, bem como, comunidades circunvizinhas à região. “Hoje o NUDEM realizou ações que visam não só o tratamento humanizado da mulher que vieram buscar orientação jurídica, orientação acerca de documentos, documentos que já estão um tanto quanto defasados, não só o tratamento humanizado relacionado a violências sofridas por essas mulheres, mas também o quesito da cidadania e organização pessoal de cada uma”, finalizou.

A Defensora Pública Bárbara Nunes explicou ainda que “a Defensoria Pública prioriza realizar estas ações em bairros, em comunidades, principalmente, onde estão as pessoas mais vulneráveis para levar cidadania e dignidade. Muitas mulheres não conhecem o serviço e estão precisando de orientação ou atendimento e é facilita para a população que a Defensoria leve os seus serviços até a comunidade”. 

Além da Defensoria Pública de Pernambuco e da  DPMUL, participam do evento ainda a Secretaria de Defesa Social (SDS), o Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB), o Núcleo de Prevenção a Violência (NUPREV), Unidade de Planejamento e Coordenação de Eventos (UNICEV) e o Tacaruna Social.

Ainda serão oferecidos no local orientações sobre a saúde da mulher, testes de glicemia, sífilis, HIV e serviços de beleza. 

O Núcleo da Mulher Vítima de Violência da Defensoria Pública de Pernambuco disponibiliza à população o número de WhatsApp para agendamento de atendimento pelo (81) 9.9488-3765. O atendimento é realizado de segunda à sexta-feira das 8h às 13h.

Notícias Recentes

Siga-nos

Notícias Mais Lidas

Quem Somos

A Defensoria Pública do Estado de Pernambuco é o órgão que cumpre o DEVER CONSTITUCIONAL DO ESTADO de prestar assistência jurídica integral e gratuita à população que não tenha condições financeiras de pagar as despesas de um advogado. Essa gratuidade abrange honorários advocatícios, periciais, e custas judiciais ou extra-judiciais.

Canais de Comunicação

Agendamento da Capital:
Redes Sociais:

© 2022 Todos os direitos reservados

Skip to content