Pular para o conteúdo

DEFENSOR PÚBLICO-GERAL PARTICIPA DA MESA DE HONRA NA CERIMÔNIA DE LANÇAMENTO DO PROJETO RECOMEÇAR DO TJPE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

O Defensor Público-Geral, Henrique Seixas, e a Coordenadora do Núcleo Especializado de Defesa da Mulher Vítima da Violência Doméstica (NUDEM), Virginia Moury, representaram a Defensoria Pública de Pernambuco na cerimônia de lançamento do Projeto Recomeçar, na Escola da Magistratura do Tribunal de Justiça de Pernambuco.

O projeto, criado pela Coordenadoria da Mulher do TJPE, tem por objetivo possibilitar a reinserção e orientação das mulheres encarceradas e seus familiares. Foram lançadas, na ocasião, duas cartilhas educativas, a primeira com foco nas reeducandas e a segunda com foco em seus familiares.

Para a Coordenadora do NUDEM, Virginia Moury, a oportunidade de participar deste projeto é imprescindível para a  reintegração das mulheres encarceradas na sociedade.

“O Projeto Recomeçar visa auxiliar no recomeço da mulher encarcerada. Tanto na sociedade, quanto no mercado de trabalho. Ter a oportunidade de auxiliar mulheres que se encontram nessa situação, e sua família, na reintrodução da vida social é algo muito relevante”, explicou a Defensora Pública.

O Defensor Público-Geral, Henrique Seixas, fez parte da mesa de honra do evento ao lado do presidente do TJPE, o desembargador Luiz Carlos de Barros Figueirêdo; da coordenadora da Mulher do Tribunal, desembargadora Daisy Maria de Andrade Costa Pereira; do diretor geral da Esmape, desembargador Francisco José dos Anjos Bandeira de Mello do Corregedor Geral da Justiça e o supervisor do Grupo de Monitoramento e Fiscalização (GMF) do Sistema Carcerário no Estado de Pernambuco, desembargadores Ricardo Paes Barreto e Mauro Alencar, respectivamente.

Notícias Recentes

Siga-nos

Notícias Mais Lidas

Quem Somos

A Defensoria Pública do Estado de Pernambuco é o órgão que cumpre o DEVER CONSTITUCIONAL DO ESTADO de prestar assistência jurídica integral e gratuita à população que não tenha condições financeiras de pagar as despesas de um advogado. Essa gratuidade abrange honorários advocatícios, periciais, e custas judiciais ou extra-judiciais.

Canais de Comunicação

Agendamento da Capital:
Redes Sociais:

© 2022 Todos os direitos reservados

Precisa de
Atendimento?

Escolha entre as ferramentas disponíveis abaixo para continuar.

Skip to content