Pular para o conteúdo

CONSELHO SUPERIOR DA DPPE ESCOLHE SOCIÓLOGA PARA VAGA NA OUVIDORIA EXTERNA DA INSTITUIÇÃO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Nesta sexta-feira (12), durante a 2ª Reunião Ordinária do Conselho Superior de 2023, foi realizada, pela primeira vez, a escolha para o cargo de Ouvidor Externo da Defensoria Pública de Pernambuco. A vaga, que é de grande importância para a Instituição, foi disputada por dois candidatos e teve como vencedora, a Socióloga Liliana Barros. A eleição para o cargo de Ouvidor Externo foi realizada pela primeira vez na DPPE na Sexta-feira (05), quando foram escolhidos os candidatos Jamesson José Gomes Santos e Liliana Barros, por meio de votação da sociedade civil organizada.

Em seu discurso após a condução ao cargo, Liliana Barros destacou a importância do trabalho da Ouvidoria Externa para a Defensoria Pública e para a sociedade pernambucana. “A Ouvidoria é um canal de diálogo e de construção coletiva. É uma ferramenta importante para a promoção da cidadania e para a defesa dos direitos humanos”, afirmou.

O Defensor Público-Geral Henrique Seixas destacou a importância da escolha do Ouvidor Externo para a Defensoria Pública de Pernambuco. “O Ouvidor Externo, ou Ouvidora, é uma figura essencial para uma instituição, pois é responsável por receber as demandas da sociedade e garantir que a Defensoria esteja cada vez mais próxima dos seus assistidos. Parabenizo a escolha da Socióloga Liliana Barros para ocupar essa função tão importante”, afirmou.

Compuseram a mesa do Conselho Superior, o Defensor Público-Geral Henrique Seixas, o Subdefensor Público-Geral Clodoaldo Battista, o Conselheiro Wilton Carvalho, a Conselheira Dandy Pessoa e o Corregedor Geral Manoel Jerônimo.

A Defensoria Pública de Pernambuco (DPPE) divulgou, ainda em fevereiro deste ano, o cronograma do processo eleitoral. O objetivo da ouvidoria externa é fortalecer a transparência e a participação da sociedade no trabalho da Defensoria Pública. O Ouvidor é responsável por verificar a qualidade dos serviços prestados pela instituição, bem como por auxiliar na elaboração de políticas institucionais voltadas para a defesa dos direitos de grupos marginalizados.

Com a realização do pleito para a Ouvidoria, a Defensoria Pública de Pernambuco demonstra seu compromisso com a transparência, além de fortalecer a atuação da instituição na defesa dos direitos humanos e na prestação de serviços de qualidade à população mais vulnerável.

Notícias Recentes

Siga-nos

Notícias Mais Lidas

FRASE DA SEMANA – DPPE

Durante a exibição do reality show Big Brother Brasil, exibido na noite do último domingo, 22, o apresentador do BBB, Tadeu Schmidt, alertou o casal

Leia Mais »

Quem Somos

A Defensoria Pública do Estado de Pernambuco é o órgão que cumpre o DEVER CONSTITUCIONAL DO ESTADO de prestar assistência jurídica integral e gratuita à população que não tenha condições financeiras de pagar as despesas de um advogado. Essa gratuidade abrange honorários advocatícios, periciais, e custas judiciais ou extra-judiciais.

Canais de Comunicação

Agendamento da Capital:
Redes Sociais:

© 2024 Todos os direitos reservados

Pular para o conteúdo