Notícias

Interna

Defensoria Pública se reúne com órgãos para tratar de termos de cooperação e convênios para contratação de jovens egressos

Na manhã desta terça-feira (06/02), o Subdefensor Público-Geral, José Fabricio Silva de Lima, participou de reunião com diversas entidades, na sede da Defensoria Pública, cujo objetivo foi acertar os últimos detalhes da contratação de jovens aprendizes pelo órgão estadual.  

Até o final deste mês, os termos de cooperação e os convênios deverão ser celebrados pelas entidades envolvidas, por meio do Projeto Vida Aprendiz. Para o Subdefensor José Fabrício, o Projeto é relevante, pois promoverá o resgate da cidadania, possibilitando a inserção no mercado de trabalho de jovens em situação de vulnerabilidade social.

“Este Projeto se justifica pelo fato de oferecer aos jovens que cometeram ato infracional o apoio familiar, o suporte pedagógico, a oportunidade de profissionalização e, através do conhecimento, a construção de uma nova história, não só para si, mas para toda a família. A proposta da DPPE é viabilizar a contratação inicial de 10 jovens. E no segundo semestre mais 10, o que totalizará 20 egressos”, enfatizou.

Além do Subdefensor Geral, José Fabrício Silva de Lima, e do Subdefensor Criminal da Capital, José Antônio Fonseca de Melo, estiveram presentes na reunião a Procuradora do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco, Jailda Pinto; o Secretário Executivo da Secretaria da Criança e Juventude, João Suassuna; o Superintendente da Secretaria da Criança e Juventude; a Gerente Geral do sistema socioeducativo, Suelly Cisneiros, e a Coordenadora do Projeto Aprendiz, Lígia Vasconcelos.

 

Vida aprendiz

O Projeto Vida Aprendiz oferece capacitação para mercado de trabalho a jovens socioeducandos e egressos da Funase. A ideia da política é romper com o ciclo de violência e marginalidade a que estão expostos. O projeto Vida Aprendiz, da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), proporciona a inserção dos jovens de 14 a 22 anos em instituições e órgãos públicos, na categoria de aprendiz, garantindo direitos trabalhistas e previdenciários para os selecionados.

 Redação: Fátima Freire / Ascom-DPPE 

Fotos: @jhpaparazzo / Ascom-DPPE

 

Galeria de Fotos