Notícias

Interna

Cerca de 150 casais disseram SIM após requerimento de habilitação realizado pela Subdefensoria de Causas Coletivas da DPPE

O "SIM" do casal Andrea e Wallace (cadeirante) emocionou o público presente e autoridades que participaram ou, simplesmente, foram prestigiar a cerimônia religiosa com efeito Civil, ocorrida no último Sábado (11/11) na quadra da Vila Olímpica, no Bairro de Rio Doce, em Olinda. Essa ação é fruto de uma parceria entre a Defensoria Pública do Estado, a Prefeitura da Cidade de Olinda, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos do Município e o Cartório de Registro Civil e do coordenador de casamentos coletivos, Albérico Brito.

Ao todo, foram 300 habilitações com efeito Civil. Os casais que não compareceram a cerimônia celebrada por uma igreja evangélica, preferiram celebrar a união através de outra denominação religiosa. Outros, optaram apenas pelo casamento com efeito Civil.

O Defensor Público-Geral de Pernambuco, Manoel Jerônimo de Melo Neto; o Subdefensor de Causas Coletivas, Henrique Seixas; o Prefeito e vice-Prefeito de Olinda, Professor Lupércio (SD) e Márcio Botelho (SD), além do Secretário de Desenvolvimentos Social, Cidadania e Direitos Humanos, Wolney Queiroz, fizeram parte da mesa de honra. A quadra ficou lotada e entre véus, alianças, damas e pajens, uma das histórias mais emocionantes: a do casal Andréa Joana da Silva e Wallace Cintra – juntos a pouco mais de dois anos.

“Todos os nossos passos são caminhados juntos. Vejo nele um homem totalmente dedicado e atencioso. Sua dificuldade e restrições se tornam pequenas ou quase nulas quando estamos perto um do outro. Tenho uma filha com quase 10 anos e que Wallece tem como dele. Hoje é uma outra oportunidade de celebrarmos esse dia a dia. Estamos muito emocionados. Ele não para de chorar de feliz que está e agradeço a todas as instituições envolvidas nessa grande ação, especialmente a Defensoria Pública e Albérico Brito”, disse Andréa Joana.

“Nossa alegria começa com a chegada dessas pessoas em nossa Instituição. Muitos vivendo juntos há mais de 20 anos e com esse vontade de oficializar o tempo de união. Outros, em recente convívio conjugal, que almejam alcançar a mesma realização. Então, a Defensoria Pública se orgulha de poder requerer a habilitação para casamento com efeito Civil. São direitos sendo alcançados e dando dignidade a vários outros sonhos dos nossos assistidos”, falou o Defensor Público Geral do Estado, Manoel Jerônimo.

O Subdefensor de Causas Coletivas, Henrique Seixas disse que “a Subdefensoria de Causas Coletivas recebe inúmeras solicitações para casamento. Tudo que é feito para o povo, sempre é feito com muito dedicação pela Defensoria de Pernambuco. Os Defensores são abnegados e procuram realizar o ofício se colocando no lugar do assistido", complementou Henrique Seixas.

O Vice-prefeito de Olinda, Márcio Botelho, destacou ser essa um dos mais "especiais eventos organizados pela Prefeitura de Olinda em parceira com a Defensoria Pública de Pernambuco e a Secretaria de Desenvolvimentos Social e Direitos Humanos. Só temos frutos a colher. A população celebrou sua união e nós estamos muito contentes com essa ação. Em breve, o Prefeito Lupércio e e eu estaremos presentes na inauguração do novo Núcleo da Defensoria Pública de Olinda, oportunidade que a cidadania será ainda mais enaltecida",  

Redação: Viviane Souza / Ascom – DPPE

Fotos: @jhpaparazzo / Ascom – DPPE 

Galeria de Fotos